quarta-feira, 5 de setembro de 2007

OBRAS ABANDONADAS - MARCHA RECEBE PRIMEIRAS DENUNCIAS

A VI Marcha contra a Corrupção e pela Vida denúncias de obras inacabadas no município de Altos. O documento foi assinado entre outros Antonio Alves Campelo,agente de saúde, Maria dos Anjos Gomes de Almeida,professora,Antonia Ferreira de Sousa, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Altos, Antonio Chaves do Nascimento, coordenador da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar – FETRAF, Raimundo de Sousa Lopes, professor, Fernando Meneses, Francisco Ferreira de Sousa, diretor do sindicato dos urbanitários – SINTEPI, entre outros.

A denúncia se refere a seguintes obras inacabadas e abandonadas e relata o seguinte:

DUAS RODOVIÁRIAS ABANONADAS

Em 1997 teve em inicio a construção da primeira rodoviária de Altos sito na BR 343, perto da secretaria de transportes. A obra nunca foi concluída. Atualmente se encontra abandonada servindo para abrigo de marginais, transeuntes, ações criminosas, etc. Foi anexada foto comprovando a obra se encontra inconclusa e em completo estado de deterioração. Esta é uma imagem triste de como é tratado o dinheiro público.

Outra rodoviária teve inicio no período de 2001 a 2004 localizada na rua Domingos Felix, centro. A história se repete. A construção inacabada representa a continuidade de ações políticas que não visa a aplicação eficiente dos recursos públicos.

MERCADO DO PRODUTOR RURAL DE ALTOS

Por meio de convênios federais o município recebeu verbas da União para a construção do mercado do produtor rural de Altos. A obra teve início e até hoje não foi inaugurada. Temos conhecimento que foram celebrados dois convênios para esta finalidade, sendo um para conclusão da obra, convenio 490594 no valor de R$ 480.447,00, tendo sido liberado todo o valor. O convenio foi concluído em 12.04.2007, portanto em abril ultimo. Acrescenta-se, ainda, a existência do convenio nº 445885 com a finalidade de cobertura metálica do mercado no valor de R$ 100.000,00, com fim da vigência em 21.02.2003.
Estas informações foram colhidas junto ao site da CGU e conta em anexo detalhes da liberação.
Apesar dos recursos terem sido liberados até a presente data o mercado não foi inaugurado, retardando o desenvolvimento do setor da produção rural. Segue abaixo foto da obra que corre o risco de se deteriorar como as rodoviárias. Cada dia fechado causa prejuízos a todos altoenses. Observa-se que foram gastos cerca de meio milhão de reais, apenas para conclusão. Não temos informações sobre os valores gastos antes de tais convênios.

MERCADO DA TRANQUEIRA

Outro mercado se encontra em situação que merece muita atenção das autoridades e do povo. Este é conhecido mercado da Tranqueira, sito no bairro do mesmo nome, próximo ao Sandango.

Pouco se sabe sobre os valores gastos, mas podemos informar que a obra começou por volta de 1994 e até hoje se encontra inacabada. A foto abaixo materializa a sua atual realidade.
Observa-se a obra, como no caso das rodoviárias, que o mato vem tomando de conta da obra, o que é mais uma demonstração do descaso com o bem público.
Esta é apenas uma pequena parte da realidade, srs e sras. Membros da Força Tarefa Popular e caminhantes da VI Marcha contra a corrupção.
Altos precisa de uma rodoviária e do mercado da Tranqueira, bem como da abertura do mercado do produtor rural, pelo que pedimos que tomem as medidas possíveis para que possamos receber estas obras. Pede-se, também, que seja levado ao conhecimento das autoridades pedido de investigação da aplicação das verbas empregadas nas obras”.

As denúncias são graves e serão levadas ao conhecimento do Promotor de Justiça de Altos e do Procurador Geral de Justiça. A FTP requererá abertura de inquérito civil público para investigar os responsáveis pelas obras e tomar as medidas cabíveis para punição dos mesmo.
A FTP ainda pedirá medidas no sentido de que sejam as obras concluídas e entregues ao povo.

Um comentário:

vila disse...

Meu caro Arimatea
e demais companheiros da Marcha

Estou acompanhando seus passos daqui deste blog.

Quero informar que estamos com um site: portaldagente.com e quero, com suas permissões, integrar este blog neste portal.

um abraço

Vilamar Pinheiro

ARQUIVO (NOTICIAS ANTIGAS)